Território de Intervenção

Caracterização geral do território

O território ADERE 2020 é constituído por dezanove freguesias, distribuídas por seis concelhos, uma área total de 1454,2 km2 e com uma população de 58.801 habitantes.

 

Do ponto de vista da organização territorial, e tal como definido no PROT Algarve, o território encontra-se abrangido pelos seguintes subsistemas: Costa Vicentina, Serra/Barrocal e Litoral, numa estreita faixa das freguesias de Luz, Odiáxere, Mexilhoeira Grande, Alvor e Alcantarilha-Pêra.

 

O território compreende áreas com diferentes estatutos de proteção, nomeadamente o Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, com uma área total de 258 Km2, ocupando 17,7% do território.

 

Por outro lado, encontra-se classificado como Sítio de Interesse Comunitário (SIC) e/ou Zona de Proteção Especial (ZPE) no âmbito da Rede Natura 2000, nomeadamente: Costa Sudoeste, Monchique, Ria de Alvor, Arade/Odelouca e Barrocal. Muito relevante é o facto de 58% do território estar abarcado pela Rede Natura 2000, o que é significativo da diversidade e riqueza do seu património natural.

O relevo do território é dominado pela existência do sistema montanhoso da Serra de Monchique, o qual atinge nos seus pontos mais altos, Fóia e Picota, 902 e 774m de altitude, respetivamente.

 

A altitude e a localização geográfica da serra são fatores de diferenciação para as regiões envolventes, permitindo a observação de manchas de vegetação únicas e diversas das que ocorrem na envolvência.

No que ao restante território diz respeito este é geologicamente dominado por formações derivadas de xistos e grauvaques, nos patamares inferiores aos 300m de altitude, onde os solos são pobres e com pouca capacidade produtiva e com um relevo ainda acentuado.

 

Por fim o território estende-se para a sua orla marítima, constituída por formações sedimentares que a oeste termina em abruptas falésias sobre o mar, entrecortadas por pequenos vales onde desaguam numerosos pequenos cursos de água incluídos na bacia hidrográfica do Barlavento, enquanto a sul a altitude decresce uniformemente até algumas praias de significativa extensão.

Em termos de hidrografia, o território encontra-se abrangido por duas bacias hidrográficas: Barlavento e Arade. A primeira é caracterizada por um conjunto de pequenos cursos de água de caráter torrencial, enquanto a segunda é dominada pelo rio com o mesmo nome, o qual, apesar do seu caráter permanente, é muito influenciado pelo regime de marés, nomeadamente até perto da cidade de Silves.

 

O território possui importantes reservas estratégicas de água, quer superficiais, quer subterrâneas, nomeadamente os sistemas Arade-Funcho, Odelouca e Bravura, que possuem uma capacidade total de armazenamento de cerca de 269 hm3. A nível subterrâneo é abastecido pelo sistema aquífero Querença-Silves.

 Morada: Rua Direita nº.13,     Tel.: (+351) 282 680 120                      www.facebook.com/vicentina.associacao

 8600-069 Bensafrim                 Email: vicentina@vicentina.org          www.vicentina.org (em atualização)

 

  • Facebook clássico